Organizações e Inovação: Uma Perspectiva histórica (I)

Marc Jacquinet

 

 

« Car l’histoire est, par essence, science du changement. Elle sait et elle enseigne que deux événements ne se reproduisent jamais tout à fait semblables, parce que jamais les conditions ne coïncident exactement. » 

Marc Bloch, Une Étrange Défaite, 1940


Além das reflexões epistemológicas e metodológicas, tomarei em conta uma perspectiva histórica, como referi que parte da realidade e da própria disciplina. Esta seria a última ponta de uma reflexão triádica em torno da complexidade e da mudança na radicação do saber e da inovação tecnológica.

Queria, integrar a   minha investigação, desde o início, no âmbito de uma reflexão histórica, considerando tanto a disciplina, a historiografia, como a realidade histórica. Queria por um lado, recuar até à formação das organizações a ser investigadas, nomeadamente as empresas modernas e as universidades ou outras instituições de investigação. Trata-se, também, de contextualizar, na tese, os conceitos de conhecimento, inovação e tecnologia, de modo a torná-los relevantes. Isto é, trata-se de debruçar-se mais sobre a contextualização da problemática em questão — e dos conceitos desenvolvidos no seu seio — do que contextualizar os conceitos, apenas numa perspectiva de história da ciência. [1]

 Por outro lado, a história, como disciplina, tem como objecto de conhecimento a complexidade humana numa concepção que abrange o homem na sua quase totalidade. A historiografia serve, aqui, de ferramenta de análise que se coloca numa perspectiva mais abstracta. A utilidade da história coloca-se mais ao nível da história teórica do que ao nível da teoria da história. Os dois últimos conceitos são distintos e fundamentais na minha perspectiva, como veremos mais adiante, numa publicação ulterior ainda este mês.

 

[1] Para uma discussão do objecto da história da(s) ciência(s), vide P. Acot (1999) Histoire de la science, Paris: PUF; e, sobretudo, George Canguilhem nos seus clássicos Etudes d’histoire et de philosophie des sciences concernant les vivants et Ia vie, Paris: vrin, 1994, 1968 

Cite this article as: {Jacquinet, Marc}, Organizações e Inovação: Uma Perspectiva histórica (I),"{Management Critique}," in {https://critiquema.hypotheses.org}, 23/09/2020, https://critiquema.hypotheses.org/1203.

 


Marc Jacquinet

https://orcid.org/0000-0003-1157-060X

Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search