Organizações e Inovação: Uma Perspectiva histórica (I)

Marc Jacquinet

 

 

“Car l’histoire est, par essence, science du changement. Elle sait et elle enseigne que deux événements ne se reproduisent jamais tout à fait semblables, parce que jamais les conditions ne coïncident exactement.” 

Marc Bloch, Une Étrange Défaite, 1940


Além das reflexões epistemológicas e metodológicas, tomarei em conta uma perspectiva histórica, como referi que parte da realidade e da própria disciplina. Esta seria a última ponta de uma reflexão triádica em torno da complexidade e da mudança na radicação do saber e da inovação tecnológica.

Queria, integrar a   minha investigação, desde o início, no âmbito de uma reflexão histórica, considerando tanto a disciplina, a historiografia, como a realidade histórica. Queria por um lado, recuar até à formação das organizações a ser investigadas, nomeadamente as empresas modernas e as universidades ou outras instituições de investigação. Trata-se, também, de contextualizar, na tese, os conceitos de conhecimento, inovação e tecnologia, de modo a torná-los relevantes. Isto é, trata-se de debruçar-se mais sobre a contextualização da problemática em questão — e dos conceitos desenvolvidos no seu seio — do que contextualizar os conceitos, apenas numa perspectiva de história da ciência. [1]

 Por outro lado, a história, como disciplina, tem como objecto de conhecimento a complexidade humana numa concepção que abrange o homem na sua quase totalidade. A historiografia serve, aqui, de ferramenta de análise que se coloca numa perspectiva mais abstracta. A utilidade da história coloca-se mais ao nível da história teórica do que ao nível da teoria da história. Os dois últimos conceitos são distintos e fundamentais na minha perspectiva, como veremos mais adiante, numa publicação ulterior ainda este mês.

 

[1] Para uma discussão do objecto da história da(s) ciência(s), vide P. Acot (1999) Histoire de la science, Paris: PUF; e, sobretudo, George Canguilhem nos seus clássicos Etudes d’histoire et de philosophie des sciences concernant les vivants et Ia vie, Paris: vrin, 1994, 1968 

Cite this article as: {Jacquinet, Marc}, Organizações e Inovação: Uma Perspectiva histórica (I),"{Management Critique}," in {https://critiquema.hypotheses.org}, 23/09/2020, https://critiquema.hypotheses.org/1203.

 


Marc Jacquinet

https://orcid.org/0000-0003-1157-060X

Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search